Glossário de Aikido

Este pequeno glossário, permite aos praticantes tomarem contacto com algumas palavras em japonês utilizadas durante a prática do Aikido.

Para fazer download deste glossário clique aqui.

Comandos ou expressões usadas no dojo

Arigatô gosaimashita
muito obrigado (no fim da aula)
Dozo
comecem por favor (o exercício ou a técnica)
Hai
sim ; de acordo
Hajimé
começar (o exercício, ou a técnica)
Iíé
não
Kiritsu
levantar
Kotai
trocar de “papel” alternadamente; revezar-se com o parceiro
Matte
esperem; esperar
Mokusô
meditação; contemplação; fechar os olhos
Onegaishimasu
faz favor (no princípio da aula)
Otagai-ni-rei
saudar o parceiro de treino
Seiza
sentar
Sensei-ni-rei
saudar o professor
Shomen-ni-rei
saudar em frente (o lado de honra do Dojo, kamiza)
Yame
parar (a prática ou a técnica em execução)
Yoi
preparar; preparem-se

Termos de etiqueta japoneses

Arigatô
obrigado (informal)
Arigatô gozaimashita
muito obrigado (formal)
Domo arigatô gosaimashita
muitíssimo obrigado (muito formal)
Gomen nasai
desculpe; perdão
Konnichi wa
olá! bom dia (depois das 10h da manhã)
Konban wa
boa noite
Ohayo gosaimasu
bom dia (antes das 10h da manhã)
Onegaishimasu
faz favor
Sayonara
adeus
Sumimasen
com licença (para atrair a atenção)
Wakarimasu
eu compreendo

Termos genéricos

Aikido
arte marcial; Ai- Harmonia, Ki- Espírito/Energia, Dô – Via / Caminho
Aiki taiso
exercícios educativos de Aikido
Aikidoka
praticante de Aikido
Aikijo
a prática com paus, no aikido
Aiki-jutsu
antigas técnicas de combate, ancestrais do aikido
Aikiken
a prática com sabres, no aikido
Aité
o mesmo que, Uke
Ashi
perna /pé
Atemi
batimento defensivo, direccionado a um ponto vital
Atemi waza
técnicas de batimento nos pontos vitais
Ayumi ashi
marcha alternada, andar natural com um pé e a seguir o outro
Bokken
sabre de madeira para a prática (o mesmo que, Bokuto)
Budo
via marcial, com ênfase no controle mental e desenvolvimento espiritual; artes marciais do Japão em geral
Bujutsu
arte da guerra
Bushi
guerreiro
Chudan
nível médio
Dan
nível; grau de cinto negro
Dogi
ver, keikogi
Dojo
lugar onde se estuda a Via; a sala de prática, de artes marciais japonesas
Dori
prender; pegar
Doshu
mestre da Via (titulo usado pelo presidente da Aikikai, Moriteru Ueshiba)
Eri
gola do keikogi
Gaeshi
ver, kaeshi
Gedan
nível baixo
Geri
golpe com o pé (o mesmo que, Keri)
Gyaku
reverso; oposto; inverso
Hakama
calça larga, plissada, para a prática
Hanmi
postura de base, de Aikido, com um pé avançado (o mesmo que, sankaku-tai, postura triangular)
Hanmi Handachi waza
técnicas com o defensor (tori) sentado e aproximação do oponente (uke) em pé
Hara
zona abdominal
Harai
varrer; sacudir
Hasso kamae
postura de guarda alta, com a arma (Jo ou ken), ao lado da cabeça. Usualmente, com o pé esquerdo à frente
Henka waza
mudança técnica ( a técnica, depois de começada, é encadeada noutra)
Hidari
esquerda (direcção)
Hiji dori
agarrar o cotovelo
Hiza
joelho
Irimi
entrar; movimento entrando e tomando o centro do movimento
Jo
pau comprido (com cerca de 128 cm de comprimento)
Jodan
nível alto
Jo-tai-ken
prática de técnicas avançadas de, Jo versus ken
Junbi undo
movimentos de preparação; aquecimento (o mesmo que, Junbi dosa)
Jutsu
arte; técnica; método
Kaeshi
reverter; inverter o movimento na direcção oposta (o mesmo que, gaeshi)
Kaeshi waza
contra-técnica; técnica usada para anular outra já iniciada pelo oponente
Kamae
Postura de guarda
Kamiza
o lugar de honra do Dojo
Kansetsu waza
técnicas de luxação
Káta
ombro
Katá
forma; prática de exercício formal pré-estabelecido
Katame waza
técnicas de imobilização ou controle
Katana
sabre japonês
Katate
uma mão (esquerda ou direita)
Keikogi
fato para a prática de Aikido (o mesmo que, Dogi)
Ken
sabre japonês (o mesmo que tachi ou katana)
Kiai
energia exprimida; o espírito de acção
Kiai
grito, com o propósito de concentrar as energias ou ganhar coragem
Kihon waza
técnicas fundamentais de base
Ki-no-nagare
forma fluida da técnica
Kokyu
a respiração; inspirar, expirar
Kokyu ho
método respiratório
Kohai
estudante mais recente no Dojo; júnior
Koho
para trás
Koshi
anca; cintura (também chamada, Goshi)
Kotai
trocar de “papel” alternadamente
Kubi
pescoço
Kumijo
prática de técnicas avançadas de, Jo contra Jo
Kumitachi
prática de técnicas avançadas de, ken contra ken
Kuzushi
desequilíbrioKyu _ grau; graduação de estudante
Maai
distância ideal de combate
Mae
frontal; de frente
Men
a face; cabeça
Metsuke
observar; olhar
Migi
direita (direcção)
Misogi
método ou exercício de purificação
Mokusô
fechar os olhos; meditação
Morote
ambas as mãos
Mune
peito
Mussubi
ligação; ligar
Nagashi
fluir
Nage
projecção
Okuri ashi
deslocação mantendo o mesmo pé à frente, com iniciativa do pé da frente
Omote
a face; movendo pela frente
O-Sensei
Grão-Mestre ou “Grande Mestre” (título atribuído a Morihei Ueshiba)
Rei
saudação; vénia com inclinação da cabeça e do tronco
Reigi
a etiqueta; a boa educação
Ritsurei
saudação em pé
Ryote
ambas as mãos
Samurai
antigo militar de elite japonês, ao serviço da aristocracia ou do poder militar.
Satori
iluminação espiritual
Seiza
forma de sentar sobre os calcanhares, tradicional do Japão
Sempai
o estudante mais antigo no Dojo; o sénior
Sen
iniciativa
Sensei
professor
Shihan
mestre; título de mestria
Shiho
quatro direcções
Shikko
locomoção sobre os joelhos
Shisei
a atitude; a postura
Shisei
a sinceridade
Shintai-ho
métodos de locomoção do corpo
Shité
o mesmo que, Tori
Shomen
frente, ou topo da cabeça
Shomen uchi
golpe ao topo frontal da cabeça
Sode
manga do keiko-gi
Sotai dosa
prática com parceiro (Uke e tori)
Soto
exterior
Suburi
golpes de sabre ou de jo (normalmente praticados individualmente)
Suwari waza
técnicas com praticantes na posição sentada
Tachi waza
técnicas com praticantes na posição em pé
Tai-no-henko
mudança na posição do corpo (exercício de Aikido)
Tai-sabaky
esquiva de corpo
Tegatana
mão sabre (a mão aberta e em tensão, semelhante a um sabre)
Tendoku dosa
prática individual (sem parceiro)
Tenkan
rotação do corpo; mudar de direcção
Te-sabaky
esquiva de mãos
Tori
o executante da técnica, responde ao ataque com uma técnica adequada (o mesmo que, shité)
Tsugi ashi
deslocação mantendo o mesmo pé à frente, com iniciativa do pé de trás
Tsuky
soco com a mão fechada; golpe de estoque, com jo ou ken
Uchi
golpe (normalmente com a mão aberta ou com uma arma de aikido)
Uchi
interior
Ude
braço
Uke
atacante; é o praticante que ataca e “recebe” a técnica, sendo projectado ou imobilizado
Ura
o reverso; costas; movendo por detrás,
Ushirô
atrás; por detrás
Wago
a harmonia
Waza
técnicas
Yin/Yang
Em japonês, In-Yo, são as forças cosmológicas complementares que se manifestam sobretudo através do movimento (yang) e da passividade (yin)
Yoko
lado; lateral
Yokomen
lado da cabeça
Yokomen uchi
golpe à parte lateral da cabeça
Yudansha
praticante com graduação “dan”
Zanshin
vigilância; cautela após a execução da técnica
Zarei
saudação sentados em seiza
Zenpo
para a frente; adiante
Zori
chinelos de tipo japonês

Notas sobre a pronúncia

As palavras japonesas, escritas com a grafia ocidental, são fáceis de pronunciar para os falantes de português, pois basta serem lidas como se fossem palavras portuguesas. Embora algumas palavras japonesas sejam acentuadas em mais do que uma sílaba, em geral a pronuncia é muito semelhante à portuguesa.

Apenas deverão ser tidas em conta, a pronunciação das seguintes letras: